Três homens, com idades compreendidas entre os 33 e os 76 anos, foram identificados como sendo suspeitos de terem praticado o crime de incêndio florestal, em Viseu e Moimenta da Beira, refere o comunicado enviado às redações.
No decorrer de ações de patrulhamento, os militares da GNR de Viseu “detetaram três ignições com origem no abandono de queimas de sobrantes agrícolas, tendo os mesmos evoluído para incêndios florestais”.
Depois de realizadas as respetivas diligências de investigação, as forças de segurança conseguiram identificar os autores dos incêndios, responsáveis por uma área ardida de 42 000 m2 de mato e arvoredo.