A viagem de Frederico Varandas a Inglaterra revelou-se bem-sucedida já que o presidente do Sporting conseguiu chegar a acordo com o Wolverhampton no caso da saída de Rui Patrício para o clube inglês.

O guarda-redes internacional português alegou justa causa para rescindir contrato com o Sporting na sequência dos incidentes na Academia, a 15 de maio passado, e acabou por assinar a custo zero com o Wolverhampton.

Agora, após negociações com os responsáveis dos Wolves, Varandas garantiu uma compensação financeira pela saída do jogador, de 30 anos. Os valores não são conhecidos em pormenor, mas a verba deverá rondar os 20 milhões de euros.