EM ATUALIZAÇÃO

A justiça húngara decidiu extraditar Rui Pinto, o hacker dos emails do Benfica, para Portugal. A decisão foi tomada esta terça-feira durante uma sessão no Tribunal Metropolitano de Budapeste, avança a SIC Notícias.

Rui Pinto tinha pedido à juíza para não ser extraditado para Portugal, afirmando que se tratava de “uma questão de vida ou de morte”. Mas na sua decisão a juíza considerou que esse risco não podia ser comprovado.

O tribunal de Budapeste decidiu que os materiais que foram confiscados a Rui Pinto quando foi detido também serão enviados para as autoridades portuguesas.  Os advogados do hacker ainda podem recorrer desta decisão.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here