Francisco Leitão, conhecido como “Rei Ghob”, foi condenado a 17 anos de prisão pela violação de 12 menores.
O homem estava acusado de 542 crimes de violação. Os crimes foram cometidos entre 2009 e 2010 na aldeia da Carqueja, na Lourinhã.
A sentença foi lida esta segunda-feira no Tribunal de Loures.
Recorde-se que “Rei Ghob” já tinha sido condenado a 25 anos de prisão em 2012 pelo homicídio de três jovens e por ocultação de cadáver.