Em comunicado, a UEFA deixou uma recomendação ao presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, por comentários relacionados com a arbitragem em jogos da Liga dos Campeões.
«Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, fez comentários sobre árbitros que dirigiram jogos do Sporting na fase de grupos da Liga dos Campeões contra o Barcelona e a Juventus. Após uma investigação conduzida pelo Inspetor de Ética e Disciplina da UEFA, foi aberto um processo disciplinar por violação do Regulamento Disciplinar da UEFA», lê-se no comunicado do organismo que tutela o futebol europeu.
Na sequência dessa investigação, foi enviado a 9 de fevereiro «um aviso» a Bruno de Carvalho pelos comentários na imprensa que violaram as alíneas 1 e 3 do Artigo 11 dos regulamentos.
«A UEFA aproveita esta oportunidade para vincar que o respeito é o princípio chave do futebol, incluindo o respeito pelo jogo, integridade, diversidade, dignidade, saúdo dos jogadores, regras, árbitros, adversários e adeptos», remata o comunicado.

Bruno de Carvalho recorreu às redes sociais para comentar a advertência que recebeu da UEFA, esta terça-feira, no site do organismo, na sequência das críticas do presidente do Sporting a arbitragens de jogos das provas europeias.
«Em causa, comentários de pura ironia na minha página pessoal sobre as arbitragens do jogo contra Barcelona e Juventus», diz Bruno de Carvalho, deixando, também ele, um recado à UEFA:
«Lá nos encontraremos no banco, em Astana, e depois no Congresso Internacional The Future of Football, onde a UEFA já confirmou mais uma vez a sua presença.»
E terminou, no Facebook, com palavras de incentivo:
«Vamos Sporting CP! Mostrar a força do Leão, do verdadeiro Rei da Selva, em Astana e na AG de dia 17! Eu acredito em vocês!»