A chuva vai continuar a afetar o território de Portugal continental, estando igualmente prevista uma descida das temperaturas na ordem dos 10 graus.
A meteorologista Paula Leitão, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, explica a razão desta descida acentuada, que irá afetar todos os distritos do continente:


A previsão para hoje aponta para céu geralmente muito nublado, períodos de chuva, que poderão ser fortes, com aguaceiros intensos, acompanhados de granizo e de trovoada. O vento soprará forte, sendo que, nas terras altas, as rajadas poderão chegar aos 90 km/h. Face a estas condições metereológicas, a Proteção Civil alerta para o piso rodoviário escorregadio, com eventuais lençóis de água e gelo, para a possibilidade de inundações em zonas historicamente mais vulneráveis e em estruturas urbanas com deficiências de drenagem, bem como para danos em estruturas e a possibilidade de queda de ramos ou árvores, devido ao vento forte. É ainda desaconselhada a prática de qualquer atividade junto à orla costeira.