A Festa da Taça está de regresso ao Estádio do Dragão. A equipa de Sérgio Conceição enfrenta o Portimonense, pouco antes de jogar cartada europeia decisiva, na Turquia, diante do Besiktas. A turma de Vítor Oliveira está pronta para assumir o papel de tomba gigantes, mas, no Dragão, o FC Porto tem estado firme e hirto. E os de Portimão já saíram da casa azul e branca com uma goleada.
Na antevisão à partida, Sérgio Conceição foi questionado sobre o assunto mas chutou para canto. Será a altura de Casillas regressar à titularidade? Sendo um jogo de Taça, e estando José Sá como dono da baliza, é bem provável que o portero espanhol assuma o lugar. Mas há mais mexidas em mente…

Desde logo na defesa. Diego Reyes deve fazer descansar um dos defesas centrais; nas alas defensivas, há dois jogadores (Layun e Maxi) com fome de jogo; no meio-campo, André André pode assumir a vaga de Danilo, que jogou pela seleção, e há ainda o mais que provável regresso de Óliver Torres, titular indiscutível nas primeiras jornadas de campeonato. Galeno deve aproveitar as lesões no ataque, Hernâni pode ter mais uma oportunidade.

Do lado dos homens de Portimão, há esperança ofensiva – a equipa já marcou 24 golos – misturada com algumas preocupações defensivas – os comandados de Vítor Oliveira já sofreram 26 golos, cinco deles no palco da partida. A ausência de Paulinho é um murro na criatividade da equipa, ainda que a recuperação de Fabinho traga esperança.