No defeso do ano passado, o presidente bracarense acumulou mais de 30 milhões de euros com a venda dos direitos económicos, entre outros, de Bruno Jordão e Pedro Neto para a Lazio, de Xeka para o Lille e de Battaglia para o Sporting. Foi um verão absolutamente louco, que o dirigente se prepara para repetir com a ajuda de Jorge Mendes, agente FIFA encarregue de mais duas megaoperações que prometem voltar a alimentar, e de que maneira, os cofres da sociedade desportiva dos minhotos.

Além do defesa-central Raul Silva, cuja transferência para o FC Porto está praticamente fechada, António Salvador está ultimar as saídas do extremo Bruno Xadas e do médio Nikola Vukcevic, dois dos ativos mais valiosos do plantel arsenalista.

O objetivo é realizar mais de 20 milhões de euros com os dois negócios, de forma a ganhar balanço para atacar o mercado e reforçar adequadamente o plantel de Abel Ferreira.