O estádio de Old Trafford, em Manchester, foi palco este domingo da 6.ª edição do Soccer Aid, jogo entre estrelas do futebol e não só, com caráter solidário.
Possibilidade de ver em ação novamente antigas estrelas dos relvados como Eric Cantona, Van der Sar, Robert Pires, Juan Sebastian Verón ou Patrick Kluivert, mas também Yaya Touré, mas também do mundo do espetáculo (Robbie Williams) ou de outros desportos (Mo Farah ou Usain Bolt).

No final foram anunciadas receitas de 5,5 milhões de libras (cerca de 6,3 milhões de euros). O resultado, o menos importante, saldou-se por igualdade a três golos no final do tempo regulamentar. A formação de Inglaterra acabou por vencer nas grandes penalidades, por 4-3.

Alinharam:

Inglaterra – David Seaman, Mark Wright, Phil Neville, Wes Brown, Mo Farah, Damian Lewis, Myles Stephenson, Danny Murphy, Jeremy Lynch, Olly Murs, Darren Bent. Jogaram ainda: Robbie Williams, Paddy McGuinness, Joe Wicks, Michael Owen, Jamie Redknapp, Lee Mack, Robbie Fowler, Freddie Flintoff, Blake Harrison e Jack O’Connell.

Treinador: Sam Allardyce.
Resto do Mundo – Van der Sar, Fongho, Stam, Pietersen, O’Carroll, Toure, Verón, Compston, Carter, Keane, Bolt. Jogaram ainda: Clarence Seedorf, Robert Pires, Gordon Ramsay, Brendan Cole, Hayden Christensen, Patrick Kluivert, Eric Cantona, Ashley Fongho, Martin Compston, Ioan Gruffudd e Nicky Byrne.

Treinador: Harry Redknapp.