Fernando Santos, selecionador nacional, recusou que os alegados problemas de Cristiano Ronaldo com o Real Madrid, associados à sua continuidade no clube, possam ter interferência no rendimento do avançado na Seleção Nacional. O técnico mostrou-se satisfeito por mais uma conquista europeia de CR7.

«Acompanhei com muita atenção a final [da Liga dos Campeões] e estava a torcer pela conquista do Real, em função da presença do Cristiano. Penso que todos os portugueses ficaram satisfeitos. Os parabéns já lhos deu a seguir ao jogo e posso dá-los novamente por aqui. Problemas no clube? Todos os jogadores estão atualmente focados na Seleção. Motivação de Ronaldo? É sempre importante ter o Ronaldo motivado», afirmou o selecionador, na conferência de imprensa de antevisão ao embate frente à Tunísia, de preparação par ao Mundial-2018.

O técnico, de 63 anos, considera que a seleção africana tem «qualidade», abordando ainda a questão do sistema tático que será utilizado pela equipa das Quinas:

«A Tunísia é um adversário de grande qualidade, que também vai estar presente no Mundial-2018. Tem semelhanças com alguns adversários que vamos defrontar. 4x3x3? É uma discussão que temos cada vez menos. Ninguém pensa muito nisso, são circunstâncias do jogo e o que interessa é a dinâmica da equipa. Portugal vai jogar de acordo com a sua motriz. Temos um sistema híbrido à volta do 4x3x3 e do 4x4x2. Não é um 4x3x3 típico, até porque poucas equipas jogam nesse sistema. Importante amanhã é vermos a dinâmica da equipa».

O duelo com a Tunísia está marcado para as 19.45 horas da próxima segunda-feira, no Estádio Municipal de Braga.