Erdal Rakip chegou ao Benfica no passado mês de janeiro, proveniente do Malmo, e logo foi cedido ao Crystal Palace, sem sequer se estrear pelas águias.

Porém, o empréstimo ao clube londrino ficou longe de correr de feição. Com efeito, não somou o médio sueco um único minuto na Premier League – foi suplente não utilizado em três ocasiões –, tendo apenas sido opção na equipa de sub-23.

Roy Hodgson, treinador do Crystal Palace, tem uma explicação.

«É um bom jogador e tem qualidades. Mas, tendo em conta o nível da Premier League, certamente não era tão bom como Townsend, Zaha, Schlupp, Milivojevic e Cabaye. Não estava sequer perto da qualidade destes jogadores. Como resultado disso, não jogou», resumiu.