O empate do Sporting em casa, a duas bolas, com o Sp. Braga, é o destaque da 11ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, na qual a liderança do FC Porto saiu reforçada.
Os “leões” perdem terreno para os dois rivais, já que a formação do FC Porto venceu no sábado no Dragão o Belenenses, por 2-0, e ontem o Benfica passou em Guimarães com 3-1 a seu favor, o que deixa o tetracampeão a um ponto apenas do Sporting.
No final do jogo em Alvalade, o treinador leonino, Jorge Jesus, lamentava o aumentar da distância para o FC Porto, mas dizia que o campeonato será longo e competitivo:

Do lado do Braga, foi o presidente que marcou presença no sala de imprensa. António Salvador deixou críticas à escolha do árbitro Carlos Xistra e ao VAR, afirmando que este será um campeonato a quatro e não a três:

Relativamente ao triunfo do Benfica no Minho, o técnico da equipa da Luz, Rui Vitória, desvalorizava a aproximação ao Sporting na classificação e preferiu olhar para o desempenho da sua formação:

Outra das partidas que acompanhamos foi o Tondela 3 Boavista 2. No final da partida, o treinador dos beirões, Pepa, afirmou que a sua equipa nunca desistiu do jogo, apesar de uma primeira parte dominada pelo Boavista:

Do lado dos axadrezados, o técnico Jorge Simão dizia ainda não perceber muito bem como é que a sua equipa saiu derrotada do jogo, apontando criticas à arbitragem: