O Conselho Empresarial da Região de Viseu (CERV) estima que sejam necessários cerca de 250 milhões de euros para a recuperação da capacidade produtiva das empresas da região afectadas pelos incêndios do passado dia 15 de Outubro. Em comunicado, o presidente do CERV, João Cotta, refere que os empresários terão de manter o impulso empreendedor e o Estado criar as condições para incentivar o investimento, acelerar a recuperação e permitir que as medidas excepcionais apresentadas pelo Governo sejam céleres e cheguem aos seus destinatários.