Pode terminar bem mais cedo do que os dois anos e meio do contrato assinado há cerca de uma semana a permanência de Guedes no Paços de Ferreira.

O ponta de lança português, de 31 anos, foi apresentado oficialmente na véspera de Natal como reforço dos castores – para substituir o brasileiro Luiz Phellype, entretanto transferido para o Sporting -, porém, alegados problemas físicos, revelados por exames mais específicos, obrigam a uma análise profunda da situação.

Ao que tudo indica, o Paços de Ferreira não se pretende comprometer com um jogador que poderá falhar dois meses de competição bastante críticos para as aspirações do clube na Liga 2 e pondera rescindir o vínculo de Guedes, preferindo investir novamente no mercado à procura de um homem de ataque que lhe ofereça garantias de competitividade.

Neste momento, a equipa dirigida por Vítor Oliveira apresenta somente Douglas Tanque como jogador referência para a grande área, após a perda de Luiz Phellype, que abandonou a Mata Real com um registo de nove golos em 13 partidas do campeonato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here