Uma cidade auto-sustentável, onde a energia solar e geotérmica são pontos fundamentais de partida.
Trata-se de um plano pensado pelo arquiteto Stefano Boeri e que está a ser iniciado na China, a norte de Liuzhou, uma região a sul do país.
De acordo com o Huffington Post, a cidade verde irá acolher cerca de 30 mil pessoas e será rodeada de um milhão de plantas de 100 espécies diferentes, assim como 40 mil árvores.
As casas serão totalmente rodeadas de espaços verdes, o que dará à cidade capacidade de absorver cerca de dez mil toneladas de CO2.
Para além da contribuição para a limpeza do ar, a cidade irá também produzir cerca de 900 toneladas de oxigénio por ano.