Portugal entrou a vencer na Liga das Nações, ao bater, esta segunda-feira, a Itália por 1-0, em jogo a contar para o grupo 3 da Liga A da competição.

A armada lusa entrou mais forte na partida, e ainda dentro do primeiro tempo poderia ter chegado à vantagem por números dilatados, perante a passividade da defensiva italiana. O conjunto orientado por Roberto Mancini pouco soube resolver as investidas pelos corredores de Bruma e

Bernardo Silva, e só a fraca finalização de Portugal impediu a vantagem antes do intervalo.

Com apenas quatro minutos decorridos da segunda metade, André Silva conseguiu fazer o que faltou nos primeiros 45 minutos, marcar. Após recuperação de bola de Bruma, o extremo do Leipzig assistiu o camisola 9 para colocar, de pé esquerdo, Portugal na frente.

A partir do golo, a equipa das quinas acabou por quebrar e viu a Itália causar alguns calafrios, mas o resultado acabaria por não fugir a Portugal, que entrou da melhor maneira na Liga das Nações.

Com este resultado, Portugal chega ao primeiro lugar do grupo 3, com mais dois pontos que Itália e Polónia, e põe fim a um ciclo de 61 anos, altura em que o conjunto luso conseguiu bater os italianos pela última vez em jogos oficiais.