A Polícia Judiciária anunciou hoje a detenção de um agricultor septuagenário suspeito de ter ateado um incêndio florestal em Alfarela de Jales, concelho de Vila Pouca de Aguiar.
A PJ informou que, no corrente ano, identificou e deteve 23 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.
O agricultor, com 75 anos, está “fortemente indiciado” pela prática do crime de incêndio florestal em Vila Pouca de Aguiar, no distrito de Vila Real.
O septuagenário, detido pela Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real, vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.