Carnes de fumeiro, galináceo miúdo, tibornada de ovos, porco-mantês e láparos são alguns dos ingredientes que constam da ementa da Ceia Medieval que vai ter lugar esta sexta-feira, pelas 20 horas, no Castelo de Penela, Coimbra.
Bobos, trovadores, cuspidores de fogo, cestaria, dançarinas e músicos com muita animação, garantida pela companhia de teatro Vivarte, vão reviver o principal momento de convívio da época medieval.
A organização, a cargo do Município de Penela, em parceria com o Agrupamento de Escolas Infante D. Pedro e a associação de Pais, prepara todos os detalhes para um belo repasto, acautelando as alterações climatéricas, com uma cobertura, que garantirá o conforto dos comensais.
No Sábado, dia 26, o Centro de Estudos de História Local e Regional Salvador Dias Arnaut acolhe, pelas 15.30, a conferência “As feiras de Penela no contexto das feiras medievais portuguesas” proferida por Maria Helena da Cruz Coelho, professora catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, que irá desvendar um pouco sobre as feiras medievais. Entretanto, Penela veste-se a rigor, no domingo, para retratar a “A Batalha do Salado, em 1340)”, com um conjunto único de recriações históricas e de animações ao vivo alusivas aos tempos medievais.
As inscrições para o banquete, acessível apenas mediante reserva, devem ser feitas pelo telefone 239 560 120 ou através do email cmpenela@cm-penela.pt. Os preços variam entre os 10 e os 50 euros.