Um automóvel ligeiro despistou-se ontem para o Parque Verde de Penacova, numa ravina com muitas dezenas de metros, numa situação invulgar, que acabaria por não causar ferimentos ao condutor, de 24 anos, residente em Chelo.
Aparentemente, o veículo deslocava-se da vila de Penacova na direcção da Cheira, pelas 17h30, quando se despistou na zona da Cova do Barro, caindo pelo acentuado desnível praticamente sempre sobre as rodas, até perto do quartel dos Bombeiros Voluntários, onde se imobilizou tombado sobre um dos lados.
Os bombeiros envolveram 16 elementos e seis viaturas no socorro, tendo efectuado a estabilização da viatura.
O condutor saiu pelos seus próprios pés e não necessitou de cuidados, pelo que não foi ao hospital.