A mulher que mandou matar o marido, em Chaves, foi condenada a 25 anos de prisão, assim como Carlos Rodrigues, de 26 anos, que executou o crime.

Os dois foram condenados por homicídio qualificado e o crime foi cometido em frente à casa onde o casal vivia. O caso remonta a 17 de janeiro de 2017.

O Tribunal de Vila Real começou a julgar em abril a mulher suspeita de ter mandado matar o marido e o homem a propôs o pagamento de uma quantia, não determinada, para cometer o crime.

A juíza presidente do coletivo considerou que “ficou claro” de que os dois arguidos cometeram o crime e que se tratou de um “homicídio mercenário”, em que a motivação de ambos foi o dinheiro. “Matar por dinheiro” é, para a magistrada, a “situação de homicídio mais grave” e que “faz lembrar a máfia napolitana”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here