João Henriques falou, em conferência de imprensa, após a derrota diante do Portimonense (3-1) e que ditou a despromoção do Paços de Ferreira à Segunda Liga. O técnico pacense considera que o segundo golo dos algarvios condenou o jogo.

«Tivemos oportunidades para empatar e não o fizemos. Não arriscamos e aconteceu o 2-0 que condenou as nossas intenções de jogo».

Questionado quanto ao futuro, João Henriques disse apenas que o mais importante é o futuro da equipa.

«O meu futuro pouco me importa nesta altura, o mais importante é o futuro do Paços de Ferreira. O futuro da equipa é importantíssimo, já o futuro do João Henriques é uma situação nova para mim», afirmou, sublinhando depois «Fico de consciência tranquila com aquilo que foi o meu trabalho».