Uma mulher de 72 anos perdeu a vida na passada segunda-feira, no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, depois de ter sido atropelada pelo próprio carro, na garagem da sua habitação, em Oliveira do Hospital.
O alerta foi dado às autoridades às 7.30 da manhã de segunda-feira, momentos depois de Maria Luizete Vicente ter tirado o carro da garagem subterrânea do seu prédio. Apesar de ser uma prática comum, desta vez não correu como o esperado. A mulher deixou o carro parado no cimo da rampa para fechar a porta da garagem, mas este estava destravado e acabou por descer a rampa e atingir a vítima.
Maria Luizete Vicente foi assistida no local por uma equipa dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital e por uma ambulância de suporte imediato de vida de Arganil e quando as equipas de emergência chegaram ao local a mulher ainda estava consciente. Já em ambiente hospitalar, a vítima acabaria por não resistir aos ferimentos que causaram lesões internas.