José Maria Ricciardi revelou que tinha obtido informação que o Sporting tinha antecipado receitas do acordo com a NOS sobre os direitos televisivos. O candidato à presidência do clube adiantou mesmo valores: o Sporting tinha antecipado €60 milhões das receitas e tinha apenas a receber €8 milhões nos próximos dois anos.
A administração da empresa refutou agora através de comunicado: «A Administração da NOS informa que o seu relacionamento com qualquer instituição é feito exclusivamente com os órgãos sociais em exercício em cada momento. Nunca a Administração da NOS reuniu e muito menos forneceu qualquer tipo de informação, a qualquer candidato ou potencial candidato.»