A Imprensa espanhola revela que o avançado brasileiro Neymar queria sair do Barcelona e rumar aos rivais do Real Madrid, mas que o jogador e o seu pai/empresário não tiveram coragem para tomar essa atitude, visto que as críticas que iria sofrer depois seriam colossais, tal como sucedeu com Luís Figo.

Perante este cenário, Neymar aceitou rumar ao Paris Saint-Germain, onde aufere um salário elevadíssimo (35 milhões de euros), e o clube francês será apenas uma ponte para depois rumar ao Real Madrid.

O avançado brasileiro exigiu que fosse colocada uma cláusula de rescisão igual ao que o PSG pagou pela sua contratação, ou seja, 222 milhões de euros, tendo assim travado a intenção do clube parisiense de seguir o caminho, por exemplo, do Real Madrid com Cristiano Ronaldo, que tem uma cláusula de mil milhões de euros.

O Real Madrid está ao corrente desta situação e do que terá de pagar para garantir o brasileiro.