O Génova está no terreno para tentar garantir o defesa-central argentino Lisandro López, estando a decorrer os contactos nesse sentido. Fora dos planos de Rui Vitória para a época que já está em preparação na Luz, mas por ora integrado no lote de jogadores que iniciaram a pré-temporada, Lisandro encabeça a lista de contratações prioritárias do clube da Série A e é a primeira escolha do presidente do Génova, Enrico Preziosi, para reforçar o eixo defensivo.

Com contrato até 2021, Lisandro López poderá rumar ao Génova a título definitivo e servir como moeda de troca na contratação do lateral-esquerdo Diego Laxalt, de 25 anos.

O internacional uruguaio do Génova está a dar nas vistas no Mundial da Rússia e já foi confrontado com o interesse do Benfica, que não enjeitou. Mas a valorização de que está a ser alvo está a atrair muitos interessados, contexto que poderá dificultar a intenção do clube da Luz. Depois de já ter sido associado a Benfica, Lazio e Galatasaray, Laxalt terá entrado no radar do Marselha.

Ainda assim, o declarado interesse do Génova em Lisandro pode jogar a favor dos encarnados.