René Houseman, conhecido por ‘Loco’ devido ao comportamento rebelde, campeão do mundo pela Argentina em 1978, morreu quinta-feira, vítima de cancro na língua.

Houseman, que contava 64 anos, destacou-se ao serviço do Huracán, clube no qual se sagrou campeão da Argentina em 1973. Extremo direito, ‘Loco’ jogou 53 vezes pela seleção do seu país (12 golos), sendo uma das figuras na conquista do Mundial de 1978, sob o comando de César Luis Menotti.