O Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, garante que o surto de legionella registado no Hospital S. Francisco Xavier, em Lisboa, e que até agora infetou 26 pessoas, está controlado.
O governante diz que tudo foi feito segundo as melhores práticas no centro hospitalar:

O Ministério da Saúde deu duas semanas ao Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge e à Direcção-Geral de Saúde para apresentarem dois relatórios sobre este surto.
O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, não estranha este caso de Legionella no hospital S. Francisco Xavier e aponta o dedo à falta de investimento, traduzido na falta de manutenção:

Por sua vez, a Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, pela voz de Ricardo Mexia, diz que ainda é muito cedo para falar de causas, sublinhando que este surto não tem nada a ver com o que aconteceu em Vila Franca de Xira:

Surto de legionella registado no Hospital S. Francisco Xavier, em Lisboa, infetou, até agora, 26 pessoas. Até ao momento, apenas uma pessoa teve alta, as restantes continuam internadas. O número de infetados com a chamada doença dos legionários ainda pode subir, admitem as autoridades de saúde, apesar de terem sido tomadas medidas para deter o surto. O ministro da Saúde diz que a situação está controlada.