O agente da GNR agredido por um jogador da equipa de juniores do FC Porto, durante a batalha campal no final do jogo em casa do Cesarense, no sábado, teve de colocar baixa médica, depois de receber tratamento hospitalar.

Recorde-se que o Cesarense venceu os dragões por 3-1, em jogo do Campeonato de Juniores, realizado em Cesar, Oliveira de Azeméis, distrito de Aveiro, com os jogadores a entrarem em confronto, após o apito final, e os elementos da GNR a terem de intervir.

O autor da agressão terá sido o capitão de equipa do FC Porto, João Pedro Lameira, 18 anos, que foi identificado no local pela agressão, com consequente participação ao Ministério Público, incorrendo numa pena de prisão até quatro anos.

Recorde-se que o FC Porto acusa um jogador do Cesarense de ter provocado toda a confusão.