O autor do golo do Tondela no jogo desta segunda-feira frente ao Sporting, Miguel Cardoso, considera que seria o empate mais justo e que «não há palavras» para descrever a derrota nos últimos segundos da partida.
«Acho que não há justificação, fizemos um grande jogo. Não merecíamos perder. Não há palavras para descrever isto. Estávamo-nos a preparar para acabar o jogo, tinha sido dado quatro minutos. Mas o futebol é assim», começou por dizer em declarações à Sport TV.
«O balneário está destroçado com esta situação, mas não sou eu que tenho que falar. Deram quatro minutos, não há palavras… Com tudo o que foi o jogo, o empate era o resultado que se enquadrava mais», concluiu.