Saiu Jorge Jesus e, para já, em Alvalade ainda é o deserto no que ao novo treinador diz respeito. Mas na agenda os leões têm técnicos apontados: Sá Pinto sempre foi o mais desejado mas nesta altura recupera-se um nome que há algum tempo já tinha sido associado ao Sporting, Miguel Cardoso.

Desde que a saída de Jorge Jesus passou de mera hipótese a certeza absoluta, Sá Pinto passou a ser apontado como forte possibilidade para o emblema de Alvalade. O técnico sempre foi o preferido, considerado o ideal para o momento por que passa o clube, e as bases de um entendimento chegaram a estar em cima da mesa. Porém, o ex-Standard Liège avisou a administração que, por respeito a Jorge Jesus, só negociaria contrato depois de consumada a saída do técnico de 63 anos.

Sá Pinto continua a ser nome muito considerado pela administração leonina mas, nesta altura, o dossier pode ter conhecido um retrocesso. Nesse sentido, os verdes e brancos olham também para outras possibilidades.

Miguel Cardoso, que tem contrato com o Rio Ave válido até 2019 e que está na mira do Nantes, de quem está muito perto, volta à órbita leonina. O treinador ainda não foi abordado oficialmente pelos leões mas voltou mesmo à agenda. Daniel Ramos, do Marítimo, também foi hipótese, mas está já com um pé no Chaves.