Sobe para 130 o número de feridos nos atentados de Barcelona e de Cambrils, confirmam os serviços de emergência da Catalunha.
Destes feridos, 17 estão em estado crítico e outros 30 em estado grave

Portuguesa entre as vítimas mortais em Barcelona

Uma mulher de nacionalidade portuguesa, residente em Lisboa, é uma das 13 vítimas mortais do ataque registado na quinta-feira, em Barcelona, confirmou à agência Lusa o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas.
Uma jovem portuguesa, neta da vítima mortal, continua desaparecida.
Entretanto, Marcelo Rebelo de Sousa, já apresentou “as mais sinceras e mais sentidas condolências”.

Mossos d’Esquadra confirmam quarta detenção

A polícia da Catalunha confirma que foi detido um quarto suspeito.
Até agora, tinham sido detidos dois suspeitos em Ripoll e outro em Alcanar. U
m dos detidos em Ripoll é o irmão mais velho do principal suspeito, que terá conduzido a viatura conta a multidão nas Ramblas, em Barcelona.

Cumprido o minuto de silêncio na Praça da Catalunha

Uma multidão juntou-se no centro de Barcelona para homenagear as vítimas. Ao minuto de silêncio seguiu-se um longo aplauso. O rei de Espanha Felipe VI e o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, estiveram no local.