A produção da Citroën de Mangualde está hoje parada devido às consequências dos incêndios, como as estradas cortadas, que provocam dificuldades no aprovisionamento de peças e na deslocação dos trabalhadores até à empresa.
Em comunicado, a PSA fez saber que suspendeu a produção, que estava prevista a partir das 07:00 de hoje, apontando para tal o facto de se encontrarem estradas cortadas, “o que leva a dificuldades no aprovisionamento de peças e na deslocação dos trabalhadores até à empresa”.
O grupo focou ainda à ausência de colaboradores, que se encontram a combater os incêndios para proteger os seus bens, e à presença de fumo e partículas em suspensão, que não asseguram as condições de saúde dos trabalhadores da empresa.