O maior sobreiro do mundo é português, já faz parte do Guinness e agora está nomeado para o concurso da Árvore Europeia do Ano.
O sobreiro está classificado como “árvore de interesse público” e tem 234 anos, estando plantado em Águas de Moura, no concelho de Palmela, Setúbal. A árvore, chamada de assobio pelo canto das aves que vivem nos seus ramos, tem mais de 14 metros de altura.
O sobreiro foi nomeado pela União da Floresta Mediterrânica (UNAC) para o concurso, que é realizado desde 2011.
Segundo afirmou à Lusa Nuno Calado, secretário-geral da UNAC, escolheram o sobreiro por ser uma árvore nacional, acrescentando que “é uma árvore muito importante para Portugal, não só pela cortiça que produz e o volume de exportações que representa, mas porque é um garante de suporte ecológico e económico para populações rurais”.
A votação vai decorrer até dia 28 de Fevereiro, através do site do concurso e os resultados serão conhecidos dia 21 de Março numa cerimónia no Parlamento Europeu, em Bruxelas.