O concerto de José Cid marcado para as 19h00, na Praça do Povo, num espetáculo onde participa a Orquestra de Bandolins, e uma manifestação são os pontos altos da comemoração do Dia do Trabalhador na Madeira.
É possível pelas 16h00 assistir ao filme ‘Tempos Modernos’ de Charlie Chaplin, na Praça do Povo, numa parceria com o Madeira Film Festival.
Este dia é marcado ainda pela manifestação promovida pela União dos Sindicatos da Madeira, prevista para as 17h30, na Assembleia Legislativa da Madeira.
A esta manifestação vão se associar o BE Madeira que justifica esta presença pela continuidade do Governo Regional em políticas que promovem “a precariedade com os programas de estágios e contratos emprego-inserção” e que colocam “em causa o direito dos trabalhadores terem vida para além do horário de trabalho”.
O PCP já apelou à mobilização dos habitantes da Madeira para esta manifestação. Os comunistas madeirenses que este Dia do Trabalhador vai ser assinalado num “contexto de recuperação de direitos, mas também de trabalho e de luta”.