A Madeira vai integrar o concurso nacional para garantir meios aéreos de combate aos incêndios. Isto foi assegurado pelo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, ao secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, numa reunião decorrida na terça-feira em Lisboa.
De recordar que tinha sido aprovado em conselho de governo, em agosto, a implementação de meios aéreos no combate a incêndios na Madeira. O executivo regional alocou uma verba de 1.2 milhões de euros para esse efeito.