Está em curso – desde a passada semana – a empreitada de construção do Ecocentro Municipal, na Zona Empresarial do Alto do Padrão.
Este novo equipamento, cujo o investimento global será de cerca de 265 700€, financiado a 85% – 225 845€ – pelo Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, vem dar resposta a uma necessidade do concelho e tem como objetivo contribuir para a gestão integrada de resíduos.
Esta primeira fase, que terá um custo de cerca de 262 000€ (valor com IVA incluído) e um prazo de execução de 120 dias, será implementada pela empresa Carlos Gil, Lda.
A construção do Ecocentro integra um plano mais alargado de investimentos, onde se incluem as novas baterias de ecopontos já instaladas, a também já concretizada aquisição de uma viatura de recolha de resíduos e a instalação de baterias de ecopontos subterrâneos.

Os Ecocentros surgem como uma medida complementar para recuperar materiais e envia-los para reciclagem, funcionam como reforço as recolhas seletivas dos ecopontos, constituindo-se como uma forma adicional de potenciar a valorização de materiais recicláveis contidos nos resíduos sólidos. Recebem, também, matérias que, pelas suas caraterísticas, não podem ser abrangidos pelos circuitos normais de recolha.