O Corpo de Bombeiros Municipais da Lousã emitiu um comunicado, no qual aborda várias questões relacionadas com o incêndio do passado dia 15, que teve início este concelho do distrito de Coimbra mas que rapidamente evoluiu para outros municípios vizinhos.
Em primeiro lugar, o Corpo de Bombeiros lamenta a perda de vidas e de bens, assim como das lesões sofridas direta e indiretamente por todos os cidadãos que nesse fatídico dia sofreram um pouco por todo o país. Em segundo lugar, agradece a todos os que estiveram presentes no quartel e noutros pontos importantes, oferecendo os seus préstimos, alimentação e água, ou demonstrando a sua disponibilidade para ajudar os Bombeiros da Lousã e todos os combatentes de muitos outros pontos do país que estiveram no terreno.
A terminar, a corporação recorda que, durante todo o tempo em que o incêndio esteve ativo, o Corpo de Bombeiros Municipais da Lousã teve empenhada a absoluta totalidade do seu efetivo humano e material, acrescentando que, durante o dia 15 alguns dos seus elementos sofreram ferimentos, queimaduras ligeiras e exaustão, tendo inclusivamente quatro deles sido encaminhados para as Urgências do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra.
Os restantes foram assistidos no local. Passadas algumas horas, todos, sem exceção, voltaram novamente ao terreno e ao combate direto às chamas, mostrando que, na adversidade, os Bombeiros Municipais da Lousã possuem o espírito de sacrifício e de missão que caracteriza os Bombeiros portugueses.