Leonardo Jardim confirmou que continuará no Mónaco (ao qual está ligado até 2020) na próxima temporada, desfazendo rumores quanto à eventual saída para o Chelsea.

«Vamos continuar juntos a apostar no projeto do Mónaco. Tenho a sorte de ter Dmitry Rybolovlev como presidente. Temos um relacionamento de confiança há quatro anos. Ele é um presidente de qualidade e sabe tomar decisões importantes para engrandecer o clube», revelou o técnico na ilha grega de Levkas, onde esteve num campo de treinos para jovens jogadores do Levkas, clube parceiro do Mónaco.

No início do mês, o vice-presidente Vadim Vasilyev revelou que pretendia fazer Jardim o Alex Ferguson do Mónaco. Cinco anos estão assegurados.