A Juventude Leonina decidiu suspender os membros da que estiveram envolvidos no ataque à Academia do Sporting, a 15 de maio deste ano. A claque leonina emitiu um comunicado esta quinta-feira, no qual explica que de todas as pessoas envolvidas, apenas 14 pessoas são associados da Juve Leo. Recorde-se que os membros também já tinham sido suspensos por parte do Sporting devido à instauração de um processo criminal.

«De acordo com os Estatutos da Associação Juventude Leonina, nomeadamente nos termos do artigo 35.º e seguintes, a Direção vem informar o seguinte: Das pessoas já publicamente referidas como participantes nos acontecimentos ocorridos em 15/0572018 na Academia do Sporting em Alcochete, somente 14 são sócios da Associação Juventude Leonina. Encontrando-se em curso a instrução do processo disciplinar, por deliberação, a Direção decidiu aplicar a suspensão provisória e imediata de sócios aos 14 elementos já publicamente referidos, até que o respetivo processo criminar esteja concluído.» – Comunicado na íntrega.