Um rapaz de 16 anos morreu, ontem à tarde, afogado na praia fluvial de Ereira, a cerca de dois quilómetros de Montemor-o-Velho, distrito de Coimbra, disse fonte dos bombeiros.
Em declarações à Lusa, o segundo comandante dos Bombeiros Voluntários de Montemor, Rui Couceiro, disse que o jovem, residente na Figueira da Foz, terá saltado de uma das pranchas da praia fluvial, estrutura com cerca de 2,5 metros de altura e desapareceu nas águas, sendo resgatado do fundo já sem vida. Rui Couceiro adiantou que as autoridades desconhecem a causa do afogamento e que o óbito foi declarado no local. A praia fluvial, denominada Esteiro da Ereira, está classificada como água balnear própria para banhos e é abastecida pelo canal de rega do Mondego. Segundo Emílio Torrão, presidente da Câmara de Montemor-o-Velho, a praia fluvial da Ereira é uma zona de banhos já muito antiga, que tem vindo a sofrer diversos melhoramentos, incluindo a presença de um nadador-salvador.
No local estiveram 10 operacionais dos Bombeiros Voluntários de Montemor-o-Velho, uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Instituto Nacional de Emergência Médica e a GNR, que tomou conta da ocorrência.