Sete mortos em Oliveira do Hospital

O presidente da Câmara confirmou que sete pessoas morreram no concelho e mais de cem ficaram feridas, 12 das quais foram transferidas para os hospitais de Coimbra.
Foram decretados três dias de luto nacional.
No concelho arderam mais de 100 casas de primeira habitação.
Durante a noite centenas de pessoas passaram a noite no pavilhão municipal, no entanto, algumas já regressaram às suas casas.
O autarca fala ainda de um grande prejuízo para as empresas da região. “Perto de quatro centenas de postos de trabalho perderam-se”.
Presidente da câmara agradeceu aos bombeiros que durante o dia de domingo ajudaram a combater as chamas.