A Porto Editora revelou hoje que a Palavra do Ano 2017 é “incêndios”. Este vocábulo alcançou 37% dos votos, impondo-se aos restantes nove candidatos, foi hoje anunciado na Biblioteca Municipal Ary dos Santos, em Sacavém, no concelho de Loures, arredores de Lisboa.
No 2.º lugar, com 20% dos votos, ficou a palavra “afeto” e, no 3.º, “floresta”, com 14% das escolhas. O 4.º lugar é ocupado pela palavra “vencedor”, com 8% dos votos e, no 5.º posto, ex-aequo, com 5% cada, ficaram os termos “crescimento” e “cativação”.
No 7.º lugar, ficou “desertificação”, que arrecadou 4% das intenções, e, no 8.º, ex-aequo, com 3% das intenções de voto, cada, ficaram os termos “gentrificação” e “peregrino”. No último lugar ficou “independentista” com apenas 1% dos votos.