Quatro viaturas que se encontravam dentro de uma garagem num edifício de habitação, em Valongo, distrito do Porto, arderam num incêndio, ocorrido esta manhã. Apesar da dificuldade em encontrar o foco de incêndio, devido ao facto de ter deflagrado numa garagem e ter originado muito fumo, o fogo já foi dado como extinto, como adianta o comandante dos Bombeiros Voluntários de Valongo, Bruno Fonseca.


Segundo uma outra fonte dos Bombeiros Voluntários de Valongo, ouvida pela Lusa, a primeira indicação recebida foi de que o incêndio terá afetado entre 20 a 30 viaturas. Por outro lado, de acordo com fonte dos Bombeiros de Ermesinde, foram assistidas no local 13 pessoas, por inalação de fumo. Quatro pessoas, três por inalação de fumo e uma por queda, foram transportadas ao hospital de São João, no Porto. Recorde-se que os bombeiros evacuaram o edifício onde moram mais de 100 pessoas, por questões de segurança. A origem do incêndio ainda não é conhecida. Os serviços técnicos da Câmara de Valongo estão a fazer uma vistoria ao edifício, para perceber se os moradores podem regressar a casa em segurança.