Gonçalo Oliveira não foi além da ronda inaugural no quadro de singulares no challenger de Lizhou, na China.

O português, número 283 do mundo, cedeu no encontro com o chinês Zhe Li, 259.º ATP, em três sets, parciais de 1-6, 7-6 (8/6) e 6-4, em duas horas e 44 minutos.