O primeiro-ministro, António Costa, entrega hoje, na Pampilhosa da Serra, distrito de Coimbra, 36 veículos ligeiros de combate a incêndios ao Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro da GNR e à Força Especial de Bombeiros.
O Ministério da Administração Interna avançou à agência Lusa que estes 36 veículos fazem parte de um total de 124 viaturas de combate a incêndios florestais, entre ligeiros e pesados, e representam um investimento de 7,5 milhões de euros no âmbito do Fundo de Solidariedade e do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.
Segundo o Ministério, o GIPS vai receber 20 veículos ligeiros de combate a incêndios para missões de patrulhamento, prevenção operacional e ataque inicial. Com capacidade para transportar uma equipa de combate terrestre com até cinco militares, estas viaturas transportam também 550 litros de água.
Por sua vez, a Força Especial de Bombeiros da Autoridade Nacional de Proteção Civil vai receber 16 viaturas ligeiras que se destinam ao combate a incêndios e têm igualmente capacidade para cinco operacionais e para 550 litros de água. Do total das 124 viaturas, o Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro da GNR já recebeu 49, que integram o dispositivo de combate a incêndios rurais. O Ministério da Administração Interna refere ainda que até ao final de julho vão ser entregues 19 viaturas ligeiras e 16 pesadas ao GIPS enquanto a Força Especial de Bombeiros vai receber quatro veículos pesados de combate a incêndios.