Gianluca Vialli, antigo avançado italiano que brilhou na segunda metade dos anos 80 e nos anos 90, abriu o jogo e revelou que está neste combate há um ano.

Com 54 anos, Vialli, que também foi treinador no Watford e no Chelsea, contou que está a escrever um livro sobre o seu caso «de forma a poder inspirar outras pessoas», numa entrevista em que explicou ter sido por vergonha que não revelou a doença antes.

«Vestia mais roupa para disfarçar e ninguém reparar. Sentia vergonha, como se a culpa fosse minha. É duro contar às pessoas, magoar a família», contou, ao Corriere della Sera.

Ainda sem certezas sobre o sucesso dos tratamentos, o transalpino diz estar confiante: «Agora estou bem, muito bem mesmo. Estou muito perto de recuperar a melhor forma, mas não tenho a certeza de como terminará este jogo».

Vialli registou no currículo duas participações em Mundiais e uma num Europeu, ele que foi campeão italiano pela Sampdoria (1991) e pela Juventus (1995), se bem que o momento mais alto foi em 1996, quando capitaneou a Vecchia Signora à conquista da Liga dos Campeões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here