Dezenas de pessoas receberam esta manhã a comitiva que esteve nos Jogos Olímpicos da Juventude, com destaque para a equipa feminina de futsal, que conquistou o ouro em Buenos Aires.

E dentro da equipa feminina, impossível não destacar Andreia Gonçalves, conhecida por Fifó, que foi a melhor marcadora do torneio, com 21 golos, incluindo os quatro da final que a vitória por 4-1 sobre o Japão. «Sem dúvida que nunca vou esquecer esses quatro golos, é uma final. Fico muito contente por contribuir com golos, mas o mais importante é que conseguimos o objetivo que tanto desejávamos. Fazemos isto pelo amor que temos à camisola, não há mais nada que nos dê tanto gozo como jogar futsal. Jogamos sempre para ganhar», disse.

Alexandre Montez, triatleta de 16 anos, conquistou duas medalhas: uma de ouro e outra de prata. «É o significado de muito trabalho, esforço e dedicação, tanto meu como dos meus pais e familiares, treinador, colegas de treino», resumiu.

Esta foi a melhor participação de Portugal nos Jogos Olímpicos da Juventude com cinco medalhas: duas de ouro, para a seleção nacional feminina de Futsal e para Alexandre Montez, na estafeta mista de Triatlo; e três de prata, uma para Alexandre Montez, na prova individual de Triatlo, outra para a seleção nacional masculina de Andebol de praia, e outra ainda para o par misto Madalena Cavilhas-Manuel Candeias, na competição multidisciplinar de Ginástica.