Cristiano Ronaldo fez história em 2017: tornou-se o jogador com mais prémios individuais na história do futebol. Em declarações ao diário AS, o internacional português fala em talento mas também em trabalho, muito trabalho para atingir patamar de excelência.

«Fui abençoado com o talento e trabalhei muito para tirar o melhor dele», salientou, orgulhoso do trajeto que tem trilhado a nível profissional:

«2017 foi um ano incrível a muitos níveis. É uma sensação fantástica olhar para trás e ver tudo o que consegui depois de começar a dar pontapés na bola nas ruas da Madeira.»

Cristiano Ronaldo não esquece quem está sempre ao seu lado, tanto nos bons como nos maus momentos.

«Quero dedicar este momento à minha família, que está sempre presente, nos bons e nos maus momentos, e aos meus amigos, sem esquecer os que acreditaram em mim quando era apenas uma criança com sonhos. Dedico-o, também, aos meus treinadores e companheiros, tanto nas minhas equipas como na Seleção», elencou CR7.

Perto de atingir 300 milhões de seguidores nas redes sociais, faz questão de deixar uma palavra de agradecimento aos fãs:

«Um obrigado especial a todos eles, pelo seu apoio e inspiração para continuar a trabalhar e a esforçar-me em cada desafio.»