As histórias e os gestos dos marnoteiros – trabalhadores das salinas – são apresentados através da dança e do teatro, num espetáculo que conta com oito membros de associações locais de teatro amador, entre as quais duas estão relacionadas com o trabalho do sal.
A iniciativa “saal” vai ser apresentada na associação local Sport Clube de Lavos – com transporte disponibilizado pela Câmara da Figueira da Foz – e é dirigida pela coreógrafa Filipa Francisco, em conjunto com a bailarina Susana Gaspar e com o músico Ricardo Freitas.
Este espetáculo – inserido no âmbito do projeto Rede Artéria, iniciativa que promove espetáculos por oito concelhos da região Centro – está a ser preparado há vários meses e conta com a participação de Ana Ribeiro, António Vaz, Elias, Gilda, Lurdes Cavaleiro, Manuel Loureiro, Maria José e Vítor Costa.