O selecionador nacional anuncia esta quinta-feira, às 20.15 horas, na Cidade do Futebol, os 23 convocados para o Campeonato do Mundo, a realizar na Rússia, entre 15 de junho e 15 de julho.

A maior dúvida é nos laterais, com o selecionador a estar entre Nélson Semedo, do Barcelona, e Ricardo Pereira, do FC Porto, com os dois a apresentarem características muito semelhantes, demonstrando polivalência para jogar nas duas faixas e, no caso do portista, também a extremo.

De resto, após a renúncia de Fábio Coentrão à presença na Rússia por não se encontrar em condições, a porta ficou aberta para a chamada de Mário Rui, do Nápoles, para o Campeonato do Mundo, tal como a lesão de Danilo terá escancarado as portas da convocatória a Rúben Neves, que fez uma época excecional no Wolverhampton e está à beira de dar o salto para um clube de maior dimensão.

A confirmar-se esta convocatória, em relação ao Euro-2016 brilhantemente conquistado por Portugal em França sai o herói da final, Éder, hoje no Lokomotiv Moscovo. Quem também não repetirá a presença será o guarda-redes Eduardo – muito pouco utilizado no Chelsea – Vieirinha, Ricardo Carvalho, Eliseu, André Gomes – com uma época complicadíssima no Barcelona – o já citado Danilo, Renato Sanches, o herói Éder, Nani – uma das figuras de Portugal em França – e Rafa. Os repetentes serão Rui Patrício, Anthony Lopes, Cédric, José Fonte, Pepe, Bruno Alves, Raphael Guerreiro, Adrien, João Mário, João Moutinho, William Carvalho, Cristiano Ronaldo e Quaresma.

Novidades em relação a França serão nomes como os do benfiquista Rúben Dias, que se estreou esta época na I Liga ou o sportinguista Bruno Fernandes, bem como Bernardo Silva, Gonçalo Guedes ou André Silva, entre outros.